sexta-feira, 20 de julho de 2012

A Delicadeza

Fui ver, finalmente, "A Delicadeza". 

Tinha planeado ir há mais tempo, mas ando muito cansada e a Bia permanece em vigilância médica - afinal a bactéria que lhe provoca a infecção urinária é resistente a vários antibióticos, terá que tomar um específico duas vezes ao dia, de 12 em 12 horas.

Gostei, chorei um bocado, apreciei o facto da sala do El Corte Inglés não ter somente mulheres, havia 2 ou 3 homens sozinhos (isto às sete da tarde - já tinha escrito algures que prefiro essa hora, muito pouca gente, lugares não marcados, o que me permite fugir ao irritante mastigar das pipocas), faz-me pensar que eles são uns eternos românticos à procura de amor, ou então são uns fãs da Audrey, e ela que ternura que é.

É um filme romântico, uma história sobre uma mulher que enviuvou demasiado jovem, é a história de tantos de nós, que se refugiam no trabalho quando perdem um grande amor. O que é bonito, o que gostei tanto foi o facto de o homem que a fez despertar de novo para a vida não ser um galã, na verdade, é um sueco de quase dois metros, desengonçado, tímido, que se veste com aquelas camisolas de gola redonda beges, com listas, e que usa uma mochila horrível, tem barba, é careca, parece um grande alce sueco com aquele sorriso e cara de parvo, mas é tão bonito por dentro, tão bondoso e apaixona-se à primeira vista com o beijo que ela lhe dá. Ela que sente tanto a falta do marido, esse sim, um rapaz de tirar o fôlego, e que par tão giro que eles faziam, e em contrapartida há o Markus, um subalterno, que lhe oferece um alce "pez" e que ela adora e que, no fim, é a sua tábua de salvação.

Ela pequenina, que se veste tão bem, sua chefe, ele um matulão anódino, que lhe segura a mão à noite e que a faz feliz. Ao fim e ao cabo, não é isso que todos desejamos?

E a banda sonora? Tão linda...

"Adoro o seu cabelo. Podia ir de férias no seu cabelo." - Markus (fabuloso!)

13 comentários:

  1. Estive a ver o trailer e gostei. Uma das minhas próximas idas ao cinema será certamente para ver isto.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela dica para o fim de semana :)

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  3. pois se forem ver, agradeço comentários :D
    bjs.

    ResponderEliminar
  4. Eu devo ser de outro mundo, mas é muito mais atractivo este homem, e estou a falar fisicamente, do que aqueles meninos que aparecem todos os dias nos blogs que nós conhecemos e que merecem sempre os mesmos comentários das mesmíssimas pessoas.
    Eu não critico essas postagens e esses comentários; apenas pergunto qual a "originalidade" de umas e de outras.
    Se se for a ver (ler) os comentários, são sempre, sempre iguais, uma espécie de "copy & past"...
    Este homem é diferente e tu na tua descrição não foste aos clichés habituais, precisamente por ele ser diferente.
    Sei que me vão "crucificar" por este longo comentário, mas é a minha opinião.

    ResponderEliminar
  5. isso mesmo, João, e foi por isso que gostei dele, da personagem, por ser perfeito assim como é, e não achei uma caricatura, porque foge aos estereótipos de corpo "adonisado".
    conquanto as amigas dela criticarem o facto de ele ser assim, "podias arranjar melhor", diz uma, ela não quer saber, porque ele a faz feliz. ele é bom, ingénuo, não é arrogante e tem um ar banal, absolutamente banal, até totó.
    bjs.

    ResponderEliminar
  6. Margarida, uma óptima sugestão. :)

    De facto, o El Corte Inglés é o lugar mais calmo para se ver um bom filme. Gosto imenso das salas do El Corte! *.*

    Também acho que devemos ver a beleza nas pessoas para além do que os nossos olhos transmitem. Há tanta beleza sem ser a óbvia, a física...

    beijinhos :*

    ResponderEliminar
  7. (eheheeh... senti-me a própria personagem)
    Também ouvi a mesma expressão e outras semelhantes: - Podias escolher alguém de outra profissão, com mais habilitações, blá, blá,...
    Mas realmente o que importa é o SER.
    O mocinho bonito não vai ficar "giro" para sempre; mas o caráter, a personalidade, a sensibiliade, permanecem sempre.

    ResponderEliminar
  8. Mark, a-do-ro :D as salas do ELC, desde que abriu que sou fã, tenho o cartão UCI desde o início.
    a beleza está nos olhos de quem a vê...
    bjs.

    ResponderEliminar
  9. ELC é ECI, mas tu percebes (estou a 1 hora de ir de férias!arghh! :D)

    ResponderEliminar
  10. Parece ser uma boa proposta para o fim de semana! ^^

    Jinhos e as melhoras para a Bia! :3

    ResponderEliminar
  11. a Bia agradece com um miado cheio de mimo.
    :)
    bjs, H.

    ResponderEliminar