quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Capítulo final

Esta é a última vez que escrevo sobre a minha condição física. Eu sei que estou doente, tive uma crise à hora do almoço que me forçou a tomar o analgésico antes da hora, que se lixe.

Chorei, chorei e gritei tanto que os vizinhos não me bateram à porta, porque trabalham e regressam à noite. Também blasfemei, não as disse todas e mais algumas, mas pensei e acho que se for para o céu, não estarei à direita do senhor, com sorte ficarei no quinto balcão, mas acho que não irei, as boas raparigas vão para o céu e as más para todo o lado, prefiro ir para todo o lado depois.

Quero escrever sobre os meus gatos, sobre a tartaruga, colocar imagens, músicas, textos do que estou a ler, do que vi na tv, como ontem na tvi 24, e que me lembrou 'As vinhas da ira', as tempestades de areia, os okies e um cágado.

É o próximo passo, estou doente, mas não moribunda. Há mais vida para além das compressas e do odor a medicamento que o meu corpo exala e que eu não gosto nada, mas paciência. Melhores dias virão.

8 comentários:

  1. Tens de continuar a pensar assim: trata-se de uma fase que irá passar. Lamento tanto esse desconforto e essas dores que sentes. O que dizer nestas alturas? A solução, além da medicação, consiste num comprimido de esperança que terás de continuar a tomar todos os dias... e sem fazer caretas. :3


    um grande beijinho e as melhoras :*

    ResponderEliminar
  2. penso exactamente assim, sei q vou ficar melhor, Mark. daqui a uma semana, estarei fina :)
    bjs.

    ResponderEliminar
  3. Vá as melhoras menina Margarida,

    XD

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. É uma fase menos boa, mas depois ainda vais gostar mais da tua vidinha, apesar da crise.
    As melhoras.

    ResponderEliminar
  5. não há meio de passar :/
    um beijinho e as melhoras

    ResponderEliminar
  6. miguel, tenho um mantra agora: 'tens que melhorar, tensquemelhorar,tensmelhorar, ah, chiça, tens que melhorar'. se o repetir 100 mil vezes resulta :D
    bjs.

    ResponderEliminar