sábado, 1 de dezembro de 2012

Contos para os amigos

A partir de amanhã começo a publicar os contos que escrevi a partir dos títulos que me deram.

A história do miguel é sobre um velho cinema, mas não só. Gostei muito de a escrever, mas, como foi a primeira, custou a sair. Talvez precise de limar umas arestas, mas deixo isso ao vosso cuidado.

A do Pedro deu-me bastante trabalho, não queria escrever lugares-comuns, por isso apaguei várias vezes, até que dei a volta ao texto. Não me critiquem muito se for demasiado banal.

O conto do João é muito especial. Não fugi ao título escolhido, just walked on his shoes. Costumo passear por lugares onde fui feliz e que me trazem boas recordações e fingi que era ele. Não nego que seja um pouco triste. O João merece um bom presente de natal, mas não consegui.

O conto do Francisco, pelo contrário, deu-me bastante gozo. Com um título assim, só podia nascer uma história divertida.

O Hórus presenteou-me com um título difícil. Mais uma vez, não quis cair num cliché e acho que fugi ao tema, mas espero que gostem.

O conto da Rosa é, para mim, o mais bonito. Dei completamente a volta às palavras que me ofereceu. Percebi o que ela quis que eu escrevesse com o título que me deu, mas não enveredei por aí. Na verdade, um dos meus escritores preferidos serviu-me de inspiração. Vocês adivinharão quem ele é, de certeza.

O Arrakis deu-me oportunidade para desenvolver o meu lado romântico e eu adorei escrever esse conto, uns quinze minutos e estava feito, porque tinha a ideia toda na cabeça.

Já a história do sad eyes não foi fácil, confesso, mas agarrei num pedaço da sua vida e criei uma bonita história, pelo menos, é o que desejo que seja.

O Mark ainda não enviou o título, mas irá fazê-lo as soon as possible :) Independentemente das suas palavras, tenho uma personagem que irá aparecer, para encerrar em beleza este ciclo de histórias. Não sei como irei descalçar esta bota, mas ela dará ar da sua presença.

Divirtam-se e, considerando que são os meus primeiros contos (tirando a roseira), espero não me ter portado muito mal.

16 comentários:

  1. Já estou ansioso de ler os teus contos ;)

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. queria pôr on line o meu com o mesmo título no mesmo dia em que puseres o teu. vai ser já amanhã?

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. amanhã, sim. costumo colocar de manhã, mas podemos agendar para a mesma hora.

    ResponderEliminar
  5. Vamos adorar :)
    Serão 9 belos presentes de Natal.
    E confirmo-te, a minha história não é fácil :p
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Concordo com os Sad, são uns presentes fantásticos :)
    BJs.

    ResponderEliminar
  7. Margarida, as minhas palavras (frase) são as seguintes:

    "Comigo, despido de medos maiores."

    Espero que estejam à altura da tua imaginação e do teu inegável talento. :)


    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  8. I hope, embora tenha bastantes dúvidas quanto a um e a outro. são um bocado cliché, mas agora já estão feitos e não vou mudar.
    mas obrigada pela força :)
    bjs.

    ResponderEliminar
  9. ai, Mark, que camisa de sete varas agora me meteste ;)
    talento tens tu, que escreves maravilhosamente.
    bjs.

    ResponderEliminar
  10. Confesso que já não me lembrava das palavras que te tinha mandado. Agora fico ansioso por ler a histórias triste...

    ResponderEliminar
  11. espero que não seja assim tão triste, mas eu tenho um lado melancólico, pronto.

    ResponderEliminar
  12. Que ideia tão gira! Que pena que já cá cheguei no fim do desafio...

    Vou passar a estar mais atenta ao seu blog, Margarida.

    Beijo

    ResponderEliminar
  13. Graça, ainda resta 1 hora para participar. aceito fotos por email com a respectiva frase :)
    bjs.

    ResponderEliminar