terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

2013 literário


A Dona-Redonda ofereceu um selo aos blogues de que é seguidora. Agradeço e aceito com todo o gosto.

As regras deste selo são: indicar um mínimo de dois livros que gostei de ler em 2012 (sem limite máximo); indicar pelo menos três livros que desejo ler em 2013 (sem limite máximo); indicar o nome e o link de quem ofereceu o selo e oferecer o selo a mais 10 pessoas para dar sequência a este projeto de incentivo à leitura. 

Não escolho 10 pessoas, convido-vos a participar :)

Livros lidos em 2012 :
  • '1Q84' - Haruki Murakami. Esperava ansiosamente a saída de cada livro - no Natal de 2011 tinha recebido o 1 (aqui, aqui, aqui);
  • 'Memorial do Convento' - José Saramago. Foi uma estreia em grande. Até ao ano passado, nunca tinha lido nada dele. É verdade que as primeiras páginas não são fáceis, mas depois não consegui parar. É um dos meus livros preferidos (aqui);
  • 'No Meu Peito Não Cabem Pássaros' - Nuno Camarneiro. Li a amostra na biblioteca kobo e comprei-o. Adorei (aqui);
  • 'O nosso reino' - valter hugo mãe. Muito bom (aqui);
  • 'After Dark - Os Passageiros da Noite' - Haruki Murakami. Na verdade, reli-o. De vez em quando, releio os romances dele. Este é o meu preferido (aqui);
  • 'Scarpetta' - Patricia Cornwell. Há anos que sigo as aventuras da médica-legista norte-americana Kay Scarpetta. Depois também li 'Red Mist' e como saltei um livro, assisti a uma inesperável reviravolta da história (aqui). 
  • 'O Prisioneiro do Céu' - Carlos Ruiz Zafón. Lido nas férias à beira-mar. Claro que gostei (aqui).

2013: 
  • Li 'Fun Home', da Alison Bechdel no sábado passado. 5* no Goodreads;
  • 'O Ano Sabático' - João Tordo;
  • 'O Lustre' e 'Um Sopro de Vida' - Clarice Lispector. Estão em promoção na Bertrand até 10 de Março, acumulando no cartão;
  • 'Ernestina' - J. Rentes de Carvalho;
  • Volumes 5 e 6 das 'Crónicas de Gelo e Fogo' - R.R. Martin. Acabei o 4 no passado domingo.
O meu desafio este ano no Goodreads é ler 30 livros. Vamos ver se consigo...

17 comentários:

  1. o ano passado o meu desafio foi ler 36 (média de 3 por mês) e consegui. este ano subi para 40, mas a coisa está a correr mal :) tenho escolhido cada tijolo, daqueles que levam semanas (meses?) a ler. erro táctico, diria aquele senhor da sic notícias aos domingos à noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sei a que te referes, tijolos são os volumes das crónicas de gelo e fogo, 400 páginas, mas a história é tão envolvente que não consigo parar de ler até acabar o livro. a estratégia é não ver tv (também não perco nada. e fico duas horas e meia a ler até adormecer. o serão rende tanto, assim...). todavia não os leio de seguida. faço grande pausas. agora estou a ler 'o tempo das crianças'.

      Eliminar
    2. A estratégia do miguel parece interessante, mas em vez de contar livros, talvez pudesse contar páginas lidas :)
      Bjs

      Eliminar
    3. mas o miguel está a ler um livro que reúne quatro.
      já ganhou :D
      bjs.

      Eliminar
  2. E eu tenho que ganhar coragem para retomar a minha leitura... tenho muito para ler!

    ResponderEliminar
  3. Já tirei alguns nomes de livros que mencionaste, irei procurar com calma os que me chamam mais atenção

    Obrigado pela partilha

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Tive de ler o "Memorial do Convento" porque é obrigatório no 12º ano.

    Sou sincero: na altura não gostei muito. Hoje, enfim, reconheço a sua importância na literatura portuguesa, bem como o estilo inconfundível de Saramago.

    Bom desafio. :)

    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu nunca o tinha lido no secundário. fui obrigada a ler 'eurico, o presbítero' e odiei, a sério. desde essa altura, nunca mais lhe pus os olhos em cima. pronto, confessei-me :)
      obrigada.
      bjs.

      Eliminar
  5. O'No Meu Peito Não Cabem Pássaros' vai ser uma das minhas prendas de aniversário ("sugerida" a uma das minhas irmãs :)

    ResponderEliminar
  6. E porque li o comentário em cima, também tive de ler Eurico, O Presbítero e gostei :) mais do que de Amor de Perdição e de Viagens na Minha Terra (para este, para me animar a ler, fiz uma marcação de livro, com a figura da Joaninha à janela com passarinhos)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. na verdade, dos obrigatórios, adorei 'os maias' :)
      também li estes e 'uma família inglesa' também.

      Eliminar
  7. Também gostei de Os Maias e gostei de Uma Família Inglesa.

    ResponderEliminar
  8. Ora aqui está um selo que foge à mediocridade habitual dos ditos cujos.
    Eu recomecei a ler há cerca de um ano e tenho lido bastante; voltei a ganhar o entusiasmo que tive quando era novo e devorava livros.
    Levei três para Belgrado e li-os todos, tendo acabado a fazer "sodukus"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) eu em viagens também levo livros, muitos, mesmo correndo o risco de nem ler metade, ou então levo poucos, mas dos tijolos que o miguel refere (2666, do bolaño, por exemplo...)
      sudokus... houve tempos que os devorei.

      Eliminar