terça-feira, 26 de março de 2013

Sentimentalmente obtusa

'(... Acho que sofria, isso sim, de uma inabilidade crónica para o amor. Era sentimentalmente obtusa. Mas, claro, eu sou suspeito: doem-me os cotovelos. Afinal de contas fui aquele que Kianda não quis ou não soube amar.)
p. 325

José Eduardo Agualusa, Barroco Tropical, Dom Quixote, 2009, 2.ª edição.

10 comentários:

  1. O tal que dizia que as mulheres, para reconquistar os maridos, deviam segredar-lhe ao ouvido, na cama, poemas de Bocage. Viste....

    Será a tal inabilidade?


    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o escritor está mesmo com dor de cotovelo :)
      aconselho este livro.
      bjs.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. para aguçar o apetite:
      'Cheguei demasiado cedo. Chego sempre demasiado cedo. Até tenho receio de morrer antes do tempo. Um destes dias morro e encontro o Senhor Deus em pijama, a longa cabeleira em desalinho, a lavar o rosto esplêndido e a escovar os dentes:
      - Que porra faz você aqui? - Deus é brasileiro. Carioca, de certeza absoluta. Têm de imaginar o sotaque. - Vai embora, rapaz. Ainda não chegou sua hora.' (p. 42)
      delicioso! :)

      Eliminar
  3. J E Agualusa.
    Bom - gosto imenso.
    Mas é uma delícia vê-lo citado.
    Por vezes fica na memória uma ou outra frase - e esta é deliciosa.
    Beijinho, Margarida

    ResponderEliminar
  4. Post delicioso, até aos comentários :)

    ResponderEliminar
  5. Mais um autor de que sou "virgem"; mas afinal não se pode ler tudo.
    Claro que deve ser interessante e mais que tudo, importante na escrita da língua portuguesa.

    ResponderEliminar