terça-feira, 25 de junho de 2013

Elvis sobre a Baía de Guanabara e Outras Histórias

Estava ansiosa por este livro do Miguel e, mal cheguei a casa, acedi à Kobo e decarreguei-o para a biblioteca. Estava à espera de algo grandioso, mas assim tão belo, pungente, indescritível, não. Emocionei-me com as 'Canções de Amor', chorei com 'Chez Toi', caiu uma tristeza tão grande quando li 'Quatro Canções'.
 

Não é apenas por o Miguel ser um amigo, mas porque se comprova, como se fosse ainda possível eu não o ter enxergado nos seus textos, que é um escritor fabuloso, dotado de uma sensibilidade tocante e com uma escrita irrepreensível.

Li-o esta noite de imediato, absorvi-o, melhor dizendo, praticamente sem parar, a não ser para umas referências no Google+.


Amanhã voltarei a ele no comboio, meia hora tu cá, tu lá com as histórias que merecem ser relidas, vividas, sentidas.


O meu singelo conselho é que leiam, leiam muitas vezes este livro, até saberem de cor as histórias, e eu queria encontrar as palavras certas para as descrever, mas a única que me sai é mesmo 'sentir', têm que as sentir.

Para terminar, refiro que no Domingo passado fui até à Gulbenkian, porque era o último dia da exposição da Clarice Lispector 'A Hora da Estrela' e acho que se adapta muito bem a este livro uma frase que ela disse na entrevista que passava em vídeo ininterruptamente: 'todo o adulto é solitário e triste'. 

Se ainda não sabem (o que duvido :D), a INDEX ebooks, a editora do João e do Luís, é que publicou esta colectânea de contos e, como sempre, fez um trabalho extraordinário.

24 comentários:

  1. Estou quase tentado a ler um e-book pela primeira vez na vida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e eu estou tentada a tê-lo em papel, para ter uma bonita dedicatória :) e sublinhar muitas vezes.

      Eliminar
  2. LOL... Margarida e João, que bela sintonia trocada de desejos... :D

    ResponderEliminar
  3. E que belo elogio (merecido) para o Miguel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vinha a reler o 'vira-pautas' no autocarro até à portagem e acho que é a mais poética de todas as histórias...

      Eliminar
  4. olha Margarida, tu dizes aí em cima as coisas mais bonitas que alguém já disse a propósito de alguma coisa que eu escrevi. fiquei muito orgulhoso e comovido. agradecer-te assim, sem mais nada, sabe a pouco.

    e não é falsa modéstia, o João, o Luís e a Patrícia fizeram um trabalho excepcional, e o seu contributo foi fundamental para o resultado final.

    tu invocares a Lispector a propósito, embaraça-me e deslumbra-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) merecidas as palavras.
      parabéns a todos.
      não invoco a Clarice em vão, foi crucial ter ido vê-la. agora, percebo-a um bocadinho.

      Eliminar
  5. Mais um ebook para ler no mês que vem! ^^
    Beijinhos :3

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Não tenho muita vontade, confesso. E estou mais numa de relações físicas com livros. O problema é que te tenho em altíssima consideração como crítica literária. E isso deixa-me na dúvida suspensa.

      Eliminar
    2. nem sei o que dizer face ao teu elogio, Alex, a não ser agradecer-te. não me considero crítica literária, apenas uma pessoa que gosta muito de ler. por vezes, o texto sai bem, e este saiu-me muito bem, porque ainda estava emocionada ao escrevê-lo (e reli o livro no dia seguinte e voltarei a repetir muito brevemente).
      e para eu pensar seriamente em tê-lo em versão em papel diz muito, é para estar bem à mão e eu abrir ao calhas e ler qualquer frase, porque qualquer uma é sentida. não é por ser o Miguel, podias ser tu, que também escreves muito bem, ou um escritor desconhecido. e cá vou eu repetir-me. bateu forte :)

      Eliminar
  7. Uma belíssima notícia. Mais um excelente escritor que vemos sair deste círculo de blogues. Vou ler certamente. E claro que o Miguel merece todos esses elogios ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. uma excelente notícia :)
      o Miguel não é estreante. hoje, dia da independência de Moçambique, li um seu outro livro: 'Ilha'.
      bjs.

      Eliminar
  8. Penso que terei conseguido descarregar o livro...espero que sim. Agora vou dormir e amanhã vou tentar arranjar um bocadinho de tempo para começar a ler. Obrigada pela sugestão.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. descarrega-se muito bem e se fores como eu, não consegues parar de ler (eu a dar-te dicas de leitura, :D)
      bjs.

      Eliminar
  9. Não fazia a menor ideia de que o Miguel havia escrito um livro. Certamente será magnífico. :)

    beijinhos e parabéns ao Miguel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) ah, Mark, pois escreveu. magnífico é, sem dúvida.
      bjs.

      Eliminar
  10. És tu, é o João...pronto, pronto, vou daqui direitinho para o link pa fazer download:-)

    AMOOOOOOOOOOO Clarice Lispector, não sabia dessa exposição:-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vai que não te irás arrepender.
      eu não, é aos poucos, não consegui gostar de 'o lustre'... vou escolher outros na biblioteca.
      a exposição já acabou.

      Eliminar