sábado, 1 de junho de 2013

Sinais de Fogo


O João Máximo publicou, há uns meses, no blogue da Index ebooks um post sobre este livro, para muitos considerado o melhor romance português do século XX.

Mais informações em 'Ler Jorge de Sena' (e descobrir que há um filme adaptado do romance).

8 comentários:

  1. Eu vi o filme e gostei,embora as adaptações ao cinema fiquem quase sempre aquém das obras em que se baseiam. Agora tenho-o cá para ler...
    Esperava a tua opinião sobre o livro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tudo o que poderia escrever está mencionado no vídeo. é um romance assombroso, mas ainda estou a meio.
      no entanto, quando o protagonista narrador Jorge começa a analisar as diferentes situações, torna-se um pouco confuso e tenho que reler os períodos várias vezes. mas é um romance brilhante e eu nunca suspeitaria que fosse assim, tão graficamente escrito, a roçar o pornográfico em certas cenas, como o Peixoto refere. noutro lado, está o amor belo entre ele e Mercedes.
      a Figueira como um micro-cosmos, a guerra civil de Espanha, virtudes e vícios e a descoberta do amor, bem, tudo ali num Verão apenas e parece que dura uma vida.

      Eliminar
  2. escusas de ficar toda vaidosa porque eu também tenho 3-três-3 desses marcadores maravilhosos! ah pois é, bebé ;D

    e estou a usar um para marcar a granta :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah! não é para me gabar, mas foi a melhor ideia que tive nos últimos anos (acho que para o natal, da maneira como isto anda, vai tudo corrido a marcadores). são muito bons e os de cartolina acabam por se estragar e prendem-se nas páginas.
      eu tenho uns quatro :P

      Eliminar
  3. Fiquei fã do site "Ler Jorge de Sena", da Universidade Federal do Rio de Janeiro... obrigado, Margarida!
    Um outro comentário... se estás a gostar de Sena, vais gostar de Proust... Na cabeça de Sena, este Sinais de Fogo seria parte de um conjunto maior de romances, um pouco como Em Busca do Tempo Perdido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, eu sei, João. o vídeo é muito bom e ainda bem que o tinhas colocado no teu site no início do ano.
      baixei a amostra da Kobo (153 páginas grátis) e os sete volumes do Proust estão por 8,11 €. vou comprar, é uma bagatela.:)

      Eliminar