sexta-feira, 12 de julho de 2013

I Go Back to May 1937



 
I see them standing at the formal gates of their colleges, 
I see my father strolling out
under the ochre sandstone arch, the 
red tiles glinting like bent 
plates of blood behind his head, I 
see my mother with a few light books at her hip 
standing at the pillar made of tiny bricks with the 
wrought-iron gate still open behind her, its 
sword-tips black in the May air,
they are about to graduate, they are about to get married, 
they are kids, they are dumb, all they know is they are
innocent, they would never hurt anybody.
I want to go up to them and say Stop, 
don't do it - she's the wrong woman, 
he's the wrong man, you are going to do things 
you cannot imagine you would ever do, 
you are going to do bad things to children,
you are going to suffer in ways you never heard of, 
you are going to want to die. I want to go 
up to them there in the late May sunlight and say it,
her hungry pretty blank face turning to me,
her pitiful beautiful untouched body, 
his arrogant handsome blind face turning to me,
his pitiful beautiful untouched body,
but I don't do it. I want to live. I 
take them up like the male and female 
paper dolls and bang them together 
at the hips like chips of flint as if to 
strike sparks from them, I say
Do what you are going to do, and I will tell about it.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. podes ver aqui o John Lithgow a ler o poema completo, o vídeo é recentíssimo (nem um mês tem)
      https://www.youtube.com/watch?v=LFnwrHKmWLQ

      Eliminar
  2. Desconhecia o poeta.
    O vídeo é o trailer de um filme? Pareceu-me ver ali o William Hurt...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o filme chama-se 'O Lado Selvagem' e foi realizado por Sean Penn. é baseado nas viagens de Christopher McCandless pela América do Norte e nos seus anos passados entre a natureza selvagem do Alasca, no início dos anos 90.
      tenho curiosidade em ler o livro de Jon Krakauer. o jovem actor que interpreta o McCandless é o Emile Hirsch.
      A poetisa é norte-americana. Este ano ganhou o Pulitzer de Poesia com a colectânea 'Stag's Leap' (não conheço, mas vou pesquisar).

      Eliminar
    2. Eu vi o filme e gostei muito, mas este vídeo por não mostrar nada da viagem do Emile Hirsh, enganou-me...
      E tenho razão, é o William Hurt que faz o papel de pai dele.

      Eliminar
    3. eu não disse que não tinhas razão. coloquei o link sob o vídeo para o site do filme e para o trailer.
      é o poema, apenas o poema, com toda a sua força, que quis partilhar.
      e o william hurt sempre foi e sempre será um dos meus actores favoritos.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. fico contente. é muito bom quando gostam do que partilho aqui :)
      bom fim-de-semana. bjs.

      Eliminar
  4. O filme 'Into The Wild' é uma delícia.
    Um must have na minha coleção de DVDs.
    Esta semana cruzei-me novamente com ele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tudo no filme é excelente (banda sonora, actores, realizador, fotografia, história).
      pensei que seria mesmo o teu estilo de filme. há um punhado de filmes e séries que se deve ter e ver muitas vezes.

      Eliminar