segunda-feira, 15 de julho de 2013

Kafka à beira-mar


Um moderno conto edipiano num romance que recebeu excelentes críticas. Afastado da personagem comum dos seus anteriores livros, homem na casa dos trinta anos, aqui encontramos um rapaz de quinze anos em fuga da profecia do pai (matar o pai e dormir com a mãe e a irmã), um velhote que fala com gatos, chuvas de peixes e de sanguessugas, personagens estranhas, amizade, amor, livros e música.

Kafka, o adolescente, encontra refúgio numa biblioteca privada nos subúrbios de uma cidade, junto a um pinhal e a uma praia, o local perfeito para o sonho se misturar com a realidade, e torna-se amigo de um jovem homossexual transgénero. Nakata, por seu lado, vive na cidade, conversa com gatos, mata uma personagem estranhíssima e parte em busca de um objectivo, na companhia de um jovem camionista que vê nele a figura do seu amado avô. 

Relê-se passados uns anos e continua a ser muito bom.

'Ela parece mergulhada nos seus pensamentos. Ou no meio de um longo e profundo sonho. Não, ela própria é um longo e profundo sonho.' - p. 305.


Já agora, entre as páginas 348 e 351, dou de caras com uma cena hilariante de uma estudante de filosofia que é prostituta em part-time, e que cita Henry Bergson e Hegel de modo a retardar a ejaculação do Hoshino. Quando acaba, o jovem reencontra o chulo vestido de Coronel Sanders, a figura icónica do KFC, e, afinal, tudo não passa de uma revelação. Quase no fim do capítulo, o moço arrisca uma tirada filosófica, que traduz o fantástico sexo que ele acabara de ter. Fartei-me de rir!

Haruki Murakami, Kafka à beira-mar, Casa das Letras, 2006, 2.ª edição.

Haruki Murakami com Kafka.

21 comentários:

  1. está na lista de leituras... assim haja uma alma caridosa que mo empreste ;)

    (o que me parece que poderá acontecer lá para o mês de outubro, quiçá...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quiçá :) com muitos sublinhados e smiles, ehheheh :D

      Eliminar
  2. Também quero.
    Mas primeiro um outro, do oriente, Mo Yan.
    Antes disso tudo, um regresso a Thomas Mann.
    Se a vida consentir com este plano, claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vou anotar o primeiro autor e procurar na biblioteca.
      eu tenho uma lista dos que quero ler, mas tem alturas que não a sigo. no ano passado, li muitos autores novos, este ano revejo os meus preferidos. eu sou assim, de leitura bipolar :)

      Eliminar
  3. :D
    tenho curiosidade de ler ;D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. posso emprestar, mas só depois de umas férias em Coimbra. irá para lá brevemente :)
      bjs.

      Eliminar
  4. Depois do After Dark fiquei com vontade de ler mais Murakami...
    As fotos estão muito giras.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. posso emprestar-te os meus, é questão de tos entregar em mão, que os portes para lisboa estão pela hora da morte :)
      é uma foto, a da alice. a do HM e seu gato retirei de um site com um post sobre gatos literários. depois publico.
      bjs.

      Eliminar
  5. Gostei da review e adorei as fotos! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) lê a resposta do Arrakis.
      a minha Alice também é uma gata literária.

      Eliminar
  6. Parece interessante. :)

    Ontem, comecei a ler 'O Prémio', do Irving Wallace, que 'surripiei' da biblioteca do avô. LOL

    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito.
      nunca li nada do autor de que falas. recomendas?
      bjs.

      Eliminar
    2. Comecei há dois dias. É um livro de algum suspense em torno dos prémios Nobel. Parece-me interessante. Detalhe: são mais de 700 páginas...

      bjos.

      Eliminar
    3. a sério? não fazes as coisas por menos :) o kafka tem quase 600, doem-me imenso os pulsos.
      bjs.

      Eliminar
    4. :D :D :D

      Eu já estou habituado devido às 'bíblias' que leio a Direito.

      bjos.

      Eliminar
  7. Como vai haver um jantarinho "literário" no dia 19 de Outubro, mas também para apresentar o Déjan aos amigos, é altura de haver umas "trocas de livros.
    Eu por mim, vou devolver 9 livros ao Miguel e um ao João Máximo, possivelmente a Margarida vai-me devolver um e estou a pensar na minha lista de pedidos.
    Já vi que o do Murakami está já tomado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a data é mesmo 19?
      sim, devolvo-te o teu vhm, que já o li e emprestarei o HM ao miguel e a quem mais quiser, é só manifestar interesse. :)

      Eliminar
    2. ok, lá estarei, mas confirmo uns dias antes.

      Eliminar
  8. Margarida, recomendo-te uma vista de olhos ao blog Pedrices, que eu já sigo há muito tempo, e que fala sobretudo de livros.
    O endereço é o seguinte: http://pedrices.blogs.sapo.pt/
    Achei muito curioso, que o Pedro, a propósito dos 5 anos do blog, tenha posto hoje um texto precisamente sobre o kafka à Beira-Mar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. intervalo para o café (mesmo da máquina, mas a 0,20 e delta, não nos podemos queixar) :)
      sim, vou ver, obrigada. ele há coincidências do caneco, usando a aliteração que gosto tanto :P

      Eliminar