quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Para não a acordar e não deixar perder aquela imagem

'Mas, vendo Margarida quieta, respirando tranquilamente de olhos semicerrados, levantou-se na ponta dos pés, compôs-lhe a roupa, e foi descendo a escada das torrinhas, leve e um pouco de lado, para não a acordar e não deixar perder aquela imagem da filha.'
                                                                                      p. 185.

Vitorino Nemésio, Mau Tempo no Canal, Obras Completas - Vol. VIII, Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1996.

Podem não acreditar, mas li esta frase apenas ontem à tarde, no comboio. Se há semelhanças entre este texto e o da rapariga a dormir no sofá, é pura coincidência :)

11 comentários:

  1. Great minds write alike?

    Beijinhos Margarida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :p
      eu sou muito humilde, nem de longe me pareço com o VN, mas é uma grande escola lê-lo.
      bjs.

      Eliminar
  2. Dizem que não existem coincidências...! ^^
    Beijinhos :3

    ResponderEliminar
  3. Estou com o João, que diz que não há coincidências ;)

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. há, há! vira já para a 2 e vais ver! :p
      bjs.

      Eliminar
  4. olha, o MTNC na rtp2 :) pronto, HÀ coincidências!

    ResponderEliminar
  5. A outra senhora é que disse que não há coincidências :-)
    A verdade é que já deves estar ao nível do Nemésio.
    (Ai o que eu já fui feliz naquele Canal :)
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. essa outra senhora... ui!
      não estou, obrigada pelos elogios, mas nem de longe.
      :)
      bjs.

      Eliminar