domingo, 22 de setembro de 2013

Sábado

Manhã - Lisboa nas alturas

Tinha combinado com o Mark vermos as galerias romanas de Lisboa, na Rua da Prata, no sábado de manhã, pelo que marcámos encontro às 10h no metro da Baixa-Chiado. A fila chegava até à Praça da Figueira, passava a Rua Augusta e acho que tocava na antiga livraria do Diário de Notícias. Desistimos. Sugeri que fôssemos até ao Jardim do Torel e assim passámos das catacumbas para as alturas. Caminhámos devagar pelas Portas de Santo Antão, subimos a ladeira do elevador do Lavra, descansámos a meio num banco nas escadinhas e, por fim, chegámos ao nosso destino.


Sem palavras. É, para mim, o melhor jardim com miradouro. Com muita pena, a esplanada estava fechada, mas o lugar é maravilhoso e senti-me em paz.

Depois, regressámos à Baixa, subimos até ao Chiado, descemos a Calçada do Combro e almoçámos no Park, um delicioso e calórico hamburguer no pão.


Não visitámos as galerias subterrâneas, mas a alternativa revelou-se excelente.


Tarde - Farrusco

Estava previsto que ele tivesse alta ontem à tarde. Infelizmente, piorou e muito. Cheguei e estava na UCI, deitado, combalido, embrulhado numa manta morna. Tinha levado oxigénio, embora tivesse comido bem a seguir. Na madrugada, teve hipoglicémia, depois, hiperglicémia e o veterinário está com receio que, com tantas oscilações, o pâncreas não consiga compensar. O futuro não me parece risonho. As próximas horas são cruciais. Se se verificar o que ele pensa, não vale a pena adiar o inevitável.

Nos bons tempos: Joana, Farrusco e Bia (que saudades)


Noite - Dead Combo

Apesar de ter ficado muito triste com a notícia do Farrusco, fui ver o concerto dos Dead Combo, no Fórum Cultural do Seixal. No ano em que o FCS assinala os vinte anos, os DC celebram dez.

Um cangalheiro e um gangster formam este duo musical, personagens que são alter-egos de Tó Trips e Pedro Gonçalves. Apresentaram o recente álbum 'Lisboa Mulata' e êxitos passados. Foi um concerto muito bom. A casa estava praticamente cheia.


23 comentários:

  1. Quero conhecer os miradouros de Lisboa.

    ResponderEliminar
  2. Que Sábado espectacular :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. foi até ver o meu menino. é a vida.
      tivemos pena de não te ter encontrado. conseguiste ir às galerias?
      bjs.

      Eliminar
    2. obrigada pela sms :) o farrusco melhorou :))

      Eliminar
    3. Tentei ir lá esta manhã, já havia uma fila enorme :(

      Fica para o ano :D

      Beijinhos ;)

      Eliminar
    4. para o ano temos que lá estar às seis da matina :p fogo!!
      bjs

      Eliminar
  3. gosto muito dos DC, a música deles é muito cinematográfica, muito evocativa, é fácil viajar pela imaginação ao som deles.
    Lx tem miradouros lindíssimos. esse não conheço, infelizmente.

    quanto às notícias da tarde, so sad. poucas coisas há que quebrem mais o coração do que termos um animal de estimação doente. os bichos, os gatos em particular, têm uma maneira de viver a doença, mansa e triste, que nos faz amá-los ainda mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, eu gostei muito dos DC, são duas personagens castiças e o palco estava muito kitsch, tal como aparece no primeiro vídeo, muitas flores de plástico, mais amplificadores e altifalantes, uma moldura em cima de um amplificador, um piano e um contrabaixo, para além de muitas guitarras. tens toda a razão, vibramos com os temas.
      tens que conhecer este miradouro, é lindíssimo. eu não coloquei uma foto da vista, que é espectacular, porque preferi realçar as árvores frondosas. é um canto mágico.
      a melhor notícia para o fim: o Farrusco melhorou. a glicémia estabilizou, o veterinário ficou surpreso e disse que o bichano era um gato com muita vontade de viver, tinha muita força e não desistia, um super-gato, dada a sua idade. esta manhã saltou do berço da uci e andou pelo chão agarrado ao cateter, a miar. :) fiquei muito feliz de o ver, estava fechado numa gaiola, no chão, pois ontem nem apreciei o concerto como deve ser, tal era a angústia.
      obrigada a todos pelos vossos cuidados e palavras amigas, como eu, também vivem estes momentos em sobressalto. os meus gatos são também um pouco vossos :) bjs.

      Eliminar
  4. Pois, essas filas são muito desmotivadoras...
    E eu continuo sem conhecer o Torel, mas e com uma ida ao Park, a visita do Déjan, começa a ter bastantes coisas novas a mostrar-lhe.
    Tirando o episódio do Farrusco, foi um excelente sábado.
    Eu vi 3 filmes no Queer e também não foi mau, até porque convivi com vários amigos por lá: o Nuno, o João Máximo e o Luís, a Sara, o Luís Veríssimo e mais uns quantos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, têm muito que ver em Lisboa, há cantos e recantos belos. foi um excelente sábado, tirando o momento do Farrusco, que está melhor. aguardemos os próximos dias.
      infelizmente, não tenho o dom da ubiquidade, e eu queria mesmo ver os DC pelo preço simpático que foi e ainda por cima em casa. e a noite de ontem estava fantástica, passeando à beira-rio. não faltarão oportunidades de nos encontrarmos.

      Eliminar
  5. Ah! Que passeio gostoso. E esses gatos...Amo os gatos e todos os animais. Margarida, beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, Shirley, bem-vinda. eu não concebo a minha vida sem gatos. o farrusco tem 16 anos e é o mais velhinho dos 4 que tenho.
      bjs.

      Eliminar
  6. Foi uma manhã e princípio de tarde agradáveis.

    Gostei particularmente do passeio e do almoço. Nem me lembrei das galerias... :)

    As melhoras do Farrusco.

    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, eu também gostei. o farrusco está a recuperar bem, obrigada :)
      bjs.

      Eliminar
  7. Tb estive para ir às galerias. Um amigo convidou-me e não pude, mas ele foi e parece que a fila não era assim tão demorada, mas julgo que ele foi um pouco mais cedo.
    Por pouco havia um encontro de bloggers nas galerias :)
    As melhoras do Farrusco.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ele devia estar bem à frente, a fila descia a rua da prata, dava a volta, entrava na rua do meio, dos correeiros ou dos douradores, confundo sempre, até ao cimo, à praça da figueira e virava à esquerda, etc. se lá ficássemos, demoraríamos no mínimo 3 horas. para o ano, temos que marcar de madrugada :)
      o Farrusco está a melhorar aos poucos, obrigada.
      bjs.

      Eliminar
  8. E eu sempre no lugar errado. Buáaaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. para o ano combinamos todos, se estivermos por aqui.

      Eliminar
  9. Aqui há uns anos fomos ver as galerias com os nossos sobrinhos e estivemos 3 horas à espera :( O pior é que aquilo não interessa nada, É pequeníssimo e praticamente há uns buracos em muito mau estado onde eram os banhos. Uma grande decepção, não perderam nada!

    O jardim do Torel é lindo com uma vista soberba.

    Já li pelas tuas respostas que o Farrusco melhorou e espero que assim continue. Já o levaste para casa?

    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, pelas fotografias aquilo pareceu-me pequeníssimo, não vale mesmo as 3 horas, julgo.
      o Farrusco já está em casa, dou-lhe a insulina de manhã, que é quando a glicémia aumenta, mas hoje vai ao senhor doutor veterinário para a medir. se estiver normal, dexa de levar a pica :)
      é o meu super-gato.
      bjs.

      Eliminar
  10. Respostas
    1. quando quiseres. o torel é lindo e merece muitas visitas. já o park, como já fui lá varias vezes, estou a ficar farta. nem sempre o elevador funciona. o que vale é que os lanços das escadas são pequenos e sobem-se bem os seis andares. a esplanada está no sétimo, mas é um pulinho.
      ósculos. ;)

      Eliminar