terça-feira, 19 de novembro de 2013

Pérolas a Porcos

Fui à Fnac do Chiado. Há algum tempo que por lá não passava. À saída, desci as escadas rolantes, com intenção de cortar caminho para ir para o metropolitano, como sempre fiz. Nunca me habituei aos elevadores. Dei de caras com a Toys'R'Us. A Sportzone tinha ido à vida. Dei a volta à loja, não entrava numa há mais de 10 anos. Tão cedo não entrarei noutra. Fecharam as escadas rolantes para o rés-do-chão. Subi e acabei por dar uma volta pelo Rossio. A Livraria do Diário de Notícias agora é a Feira dos Tecidos, a Loja das Meias agora é a Bennetton. Depois, fui de metro até ao Areeiro. A estação está catita, mas fecharam as saídas junto à estação Roma-Areeiro, enquanto não acabam as obras. Saí na ponta da praça.

Mas nada me estragou esse fim de tarde. Comprei o último o 'Pérolas a Porcos'. Finalmente, juntou-se aos seus manos, os volumes I a VIII.
Sou fã incondicional desta BD desde meados da década passada. Frequentemente, vou ao seu site e rio-me perdidamente. É um cartoon hilariante, cáustico, inteligente, absurdo, traça uma caricatura deliciosa dos nossos defeitos e limitações. É brilhante.

É uma BD subversiva, um pouco chocante, maliciosa, só mesmo ela para ter um gato terrorista e um pato-da-guarda, para além das personagens que já conhecemos, o Rato arrogante e egocêntrico, o Porco, lento de cabeça e ingénuo, o Bode inteligente, a Zebra activista dos direitos herbívoros e os Crocs obsessivamente carnívoross.

Pastis, amigo, um dia que passes por cá, não poderei ceder-te o sofá, porque tenho três gatas um bocado tresloucadas e possessivas, um pouco como o senhor Snuffles, mas em troca de assinares os meus livros, oferecer-te-ei alheiras de Mirandela e castanhas de ovos de Viseu, está bem?





16 comentários:

  1. Pois é: à referências, que só fazem parte do livro da nossa memória.
    será isto também Pérulas a Porcos?

    Diogo_Mar

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, esta BD faz parte da minha vida, e estava ansiosa pela tradução deste volume. o nome original deste cartoon é 'pearls before swine', por isso, sim, pérolas a porcos.

      Eliminar
  2. ao menos um cantinho da sala para ele estender o saco-cama (como vês, estou sob influência kafka - estou a gostar imenso, btw)

    fico sempre tão melancólico com as viagens nas grandes cidades: ir da chiado ao areeiro, com passagem pela antiga livraria do DN, num simples parágrafo. oh, the life in the big city!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já estás a ler o kafka? boa! :)
      e imagina ir do chiado ao areeiro a pé! já o fiz, não desta vez, claro.

      Eliminar
    2. comecei no sábado, e já passaram 200 páginas.
      como é que conseguiste sobreviver ao capítulo do johnnie walker? :P

      Eliminar
    3. arrepiei-me ao ler isso.
      spoiler alert: mas por que é que te lembraste agora disto? vou pensar nos gatos sem coração o dia todo, pior, a cena dele... (mnham, mnham....)

      Eliminar
  3. Eu prefiro o Asterix... Mas eu sou uma criança grande. :)

    O meu rapaz ainda não me falou desta. Ele não deve conhecer (porque ele é um fã de BDs de adultos... lol)...

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tenho alguns livros do asterix de quando era miúda, muito velhinhos, ainda com os autores originais. agora não acho muita piada e muito menos aos filmes.
      apresenta-lhe esta BD, sim, é para adultos. depois conta-me como reagiu :)
      bjs.

      Eliminar
    2. Afinal ele já conhecia... LOL

      Sim, os livros são sempre melhores que os filmes, genéricamente (e no caso de Asterix, confirma-se a regra). Terás então edições quase de colecionador :)
      Eu confesso que compro sempre que sai um novo. Não os tenho todos, porque as edições mais antigas li as da Biblioteca Municipal...

      Eliminar
    3. entrou, por isso apagarei o outro ;)
      de coleccionador não digo, porque desde miúda que assino os livros e é vê-los com a letra infantil e o nome todo :p, para além de muito usados e abusados de tanta leitura.
      adoro, por exemplo, o Astérix na Córsega. fui ver o ano em que saiu em França e foi em 1973 (o ano em que eu nasci) :D

      Eliminar
  4. Já tinha visto este livro na Bertrand do Campo Pequeno, mas devido ao preço, tem de ficar para a minha prenda de Natal :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pode ser que o pai natal seja generoso :p
      bjs.

      Eliminar
  5. A Sportzone virar Toys'R'Us ainda é como outro, mas a Livraria do Diário de Notícias no Rossio transformar-se na Feira do Tecidos é de bradar aos céus. Como é que é possível? É muito triste.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é desolador. não sei quando é que isso aconteceu. sabia que tinha fechado, nada mais. há algum tempo que não dava uma volta por lá. eu é mais rua do poço dos negros, metro chiado e raramente desço.
      :(
      bjs.

      Eliminar
  6. Convenhamos, a Sportzone 'virar' Toys'R'Us até que é bom! LOL Os artigos dessa loja são tão, enfim... :D Bom, e fosse eu de novo uma criança e certamente ficaria eufórico. Em pequeno, salvo erro, só havia duas lojas da Toys por Lisboa: a de Telheiras, onde ia com os pais, e a do Colombo, terrível.

    um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olha, nunca fui grande fã, confesso.
      na do colombo entrei pouquíssimas vezes. na de telheiras acho que nunca, fica fora de mão.
      bjs.

      Eliminar