segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Index ebooks e 'O Corredor de Fundo'

Li 'O Corredor de Fundo' em meia dúzia de dias. Quase 350 páginas sobre a história de amor de Harlan e Billy, bela e trágica, entre corridas, Jogos Olímpicos, homofobia, activismo, preconceitos, sem esquecer símbolos como Stonewall ou a Continental Baths.

Lê-se extraordinariamente bem, a narrativa é na primeira pessoa, pelo Harlan, o que traduz a simplicidade do discurso, todavia, tudo o que envolve é actual. Podem separar quarenta anos desde a publicação deste romance, mas o que é um facto indiscutível é que em muitos países a homossexualidade continua a ser um crime. E aproximam-se os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, na Rússia, já em Fevereiro próximo, e não podemos esquecer a terrível política anti-gay que aquele país está a implementar.

No lançamento de 'O Corredor de Fundo'  foi lida uma mensagem de Patricia Nell Warren, que podem ler aqui e a Revista TimeOut também publicou um belo artigo sobre a Index ebooks.

E tenho imenso orgulho pelo facto de a Index ser a minha editora, pois brevemente será publicado um livro com os contos que escrevi  :)

15 comentários:

  1. Estarei condenado a ler o livro neste modo, embora isso se torne incómodo por me obrigar a estar sentado à frente do pc...
    Não sei quando o farei, embora o interesse seja rande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vais lendo aos poucos, entre posts e fotos. lê-se num ápice, não tarda nada estás nas últimas páginas.
      como eu li no tablet foi mais fácil, estava encolhida no sofá ou nas viagens de comboio.

      Eliminar
  2. Parabéns, Margarida. Com certeza o teu livro será um sucesso. Dedicaste-te por ele. :)

    um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ah, Mark, mesmo que não tivesse livro algum, o orgulho permanece. continuarei a colaborar com a Index sempre que possível :) uma editora que não almeja lucro, divulga literatura lgbt e a custo praticamente zero é de louvar.
      bjs.

      Eliminar
    2. O primeiro livro gay que li, "Arkansas" foi uma amiga minha que me ofereceu. O David Leavit, autor, deixou-me com ânsia de mais, mas em Portugal na altura havia muito pouca coisa. Por isso, é que os livros trazidos pela Index é uma coisa rara e que confesso que tenho que explorar mais ainda! E apostar em promessas de novos autores, só sobre os temas lgbt, parece-me acertada, porque existem muito poucos em Portugal e a escrever em português! :)

      Eliminar
    3. encontras mais livros desse autor por cá, nem que seja nas bibliotecas municipais. eu já trouxe um dele da do seixal.
      tens razão. tirando a feira do livro lgbt que a Ilga promove, bem como outros lançamentos do mesmo tema, não há muito mais editoras ou lugares que promovam a leitura deste tipo de temática por cá. e se te registares no goodreads, encontras-nos lá, no grupo de literatura gay portuguesa. o João Máximo, da Index, é o moderador do grupo.

      Eliminar
  3. gosto muito do corredor de fundo, gosto muito da PNW, gosto muito (mesmo mesmo muito) da Index, e isso tudo. mas o melhor deste post vem mesmo na última frase. finalmente!

    (agora é ansiar pelo dia de lhe pegar e ler desatadamente)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. deixa passar estas semanas para a Index colher os louros desta publicação, que bem merece.
      e se haverá um pequeno livro meu é graças a ti, que o sugeriste o ano passado e ao João Máximo, que aceitou o teu repto :)

      Eliminar
  4. Por acaso quero fazer o download... mas temos que fornecer o cartão de crédito, mesmo que seja grátis? :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não é grátis. custa um pouco mais de 6 € que são os direitos de autor que a Index teve de comprar à Patricia Nell Warren. sim, deverás ter um cartão de crédito, penso eu. eu só compro os meus assim. não sei se o paypal serve. informa-te no site da Index, por favor.

      Eliminar
    2. provavelmente, induzi-te em erro. para os livros grátis, claro que não é preciso usares o cartão de crédito. basta fazeres o descarregamento em qualquer plataforma digital que a Index indica. :)

      Eliminar
  5. Uma realidade...
    Em mim estou a fazer com que renasça o prazer da leitura :) Finalmente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu leio imenso, gosto e tenho uma pilha de livros para ler...

      Eliminar