sábado, 14 de dezembro de 2013

Vénus de Vison

 

É um dos melhores filmes que já vi este ano. Contrariamente ao meu hábito, sentei-me na terceira fila do cinema, no El Corte Inglés, praticamente entrando pela tela adentro, e adorei.

E de cena em cena, uma actriz fazendo uma audição, e ele o encenador que a acompanha, vão saltando das personagens da peça para as do filme e ela é estrondosa, a mulher de Polanski, absolutamente poderosa e sensual e ele acaba por ficar completamente obcecado por ela. Misturam-se os papéis, os desejos surgem, os diálogos são intensos em interpretações de tirar o fôlego.

Não percam.

11 comentários:

  1. Terceira fila? Bem, pelo menos viste todos os pormenores. ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. no ECI há um grande espaço entre o ecrã e a primeira fila.
      mas vi, sim :)

      Eliminar
  2. Já o Miguel tinha falado muito bem deste filme.
    Eu continuo a ver filmes "atrasados" e ontem vi um belíssimo - "A Condessa Russa".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois foi, fui ler o post do Miguel e a crítica no Ípsilon e para não repetir as mesmas palavras, escrevi muito pouco. não sabemos quando acaba um papel e começa o outro e é tudo tão intenso. e diverti-me, também.
      não vejo muitos filmes, agora e até do cinema estava afastada. tentarei ir na próxima quarta ver o também excelente 'China - um toque de pecado'. queres vir comigo? :)

      Eliminar
    2. Obrigado Margarida, mas não me desperta um interesse por aí além ir ao cinema; tenho uma excelente televisão em casa e vejo lá os filmes e a lista dos que tenho para ver ainda é superior à dos livros.

      Eliminar
    3. eu é o contrário, não gosto muito de ver filmes em casa. tenho algumas séries que fui adquirindo e por lá estão sem ver...

      Eliminar
  3. Tudo neste filme parece ser apetecível.
    Adoro os atores.

    ResponderEliminar