domingo, 20 de abril de 2014

Uma Outra Voz

Uma pessoa está a guardar-se para a Feira do Livro, que está aí a chegar, mais especificamente para aquelas horas nocturnas com os grandes descontos, mas vai dar uma volta, vê este livro, começa a folhear, lê o seguinte excerto:

'Esta é uma estória de ficção baseada em histórias reais. João Francisco Carreço Simões, ou Ti Carreço, como era conhecido na família, era tio-avô da minha avó. A sua vida serviu de inspiração à personagem principal desta estória, de nome João José Mariano Serrão. Durante a sua viagem a Angola, em finais dos anos 20 do século passado, Carreço Simões escreveu um diário, que se terá posteriormente extraviado. Dessa viagem restaram apenas as fotografias, incluídas no final deste livro.'

E compra!
 
Gabriela Ruivo Trindade, Uma Outra Voz, Prémio LeYa 2013, 1.ª edição, Abril de 2014.

31 comentários:

  1. :::::.
    Parece interessante
    vou registar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vou começar a ler e o tablet vai descansar por uns dias :)

      Eliminar
  2. Quero que depois digas aqui se vale a pena. Acabei de ler na semana passada um outro prémio Leya e fiquei desiludido. Pela sinopse estava à espera de melhor...

    Já não te visitava à que tempos, Margarida!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não me visitavas há que tempos, é verdade, camarada Horatius :)
      sim, eu não gostei muito de um prémio leya, o do engenheiro desempregado... enfim, não podemos gostar todos do mesmo.

      Eliminar
    2. Sim, foi esse que li. Mas eu comprei a edição da BIIS, que é mais em conta :)

      Eliminar
    3. ufa, pensava que seria só eu que não tivesse gostado muito. às vezes, penso que ando ao contrário do que todos dizem e aplaudem... :p

      Eliminar
    4. Hummm
      Gostas de Francisco José Viegas?

      Eliminar
    5. excepto o seu blogue, nunca li nada dele.

      Eliminar
    6. Eu li recentemente. E toda a gente venera o homem. Mas eu não gostei do seu livro... LOL

      Eliminar
    7. mas quem venera? não eu! vi-o uma vez, num automóvel alta cilindrada à saída do tribunal daqui da terra. mas é preconceito, isto do automóvel ;)

      Eliminar
    8. Falo dele enquanto escritor. só encontrei críticas positivas à sua obra na net. Ou são todos uns lambe botas ou eu sou muito esquisito. Apesar de não ter sido muito simpático na minha crítica. LOL

      Enquanto político, não sendo o melhor SEC que tivemos, é indubitavelmente melhor que este fantoche que lá esta agora.

      Eliminar
    9. essa do lambe-botas é muito bom! :DD
      sim, este SEC é um triste...

      Eliminar
    10. Margarida, às vezes tenho umas saídas assim.. LOL

      A propósito, já comecei a ler os Pioneiros :)

      Eliminar
    11. eu li os primeiros 3 livros várias vezes, mas o último apenas uma, já não gostei tanto.
      mas é uma óptima serie de família.

      Eliminar
    12. Eu ainda vou nas primeiras páginas. Quando terminar, direi o que achei!

      Eliminar
    13. ficarei à espera sentadinha ;)

      Eliminar
  3. Vou anotar. Até porque faço anos em Junho e para dar ideias de prendas LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Namorado, não me digas que também tens o excelente hábito de oferecer prendas a ti próprio nos anos e Natal?

      Eliminar
    2. eu ofereço-me livros muitas vezes. hoje foi um desses dias :)

      Eliminar
    3. Eu também. Mas nos anos e natal é especial :D

      Eliminar
  4. fiquei com vontade de provar, mas já agora espero pela tua opinião

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. começa bem, com uma árvore genealógica. eu também tenho uma. qualquer dia, publico-a e depois faço como a Gabriela. escrevo um romance e a index publica :p

      Eliminar
  5. Eu vi uma entrevista que a autora deu a semana passada, gostei da sinopse da trama, que é inspirada na própria vida da mesma. ^^

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, é baseada na história de um familiar, como diz ali o trecho que escrevi :)
      bjs.

      Eliminar
  6. Eu todos os meses compro um dois - é um vício...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não posso, e tenho muitos ebooks agora ;)

      Eliminar