terça-feira, 13 de maio de 2014

Run, Margarida, run

 
 
Há umas semanas comecei a correr, graças ao incentivo do Sérgio, que me enviou o seu plano de corridas. Ora eu saltei uns quantos procedimentos do plano. Desisti dos audio-books e voltei às músicas, optando por nos primeiros dias caminhar uns minutos, seguindo-se um jogging devagar (pouco levanto os joelhos), durante o tempo da música, mais ou menos 3, 4 minutos. Assim, música, caminhada, música, corridinha, e a coisa foi entrando nos eixos aos poucos.

Tento fazer exercício 3, 4 vezes por semana, uns 5 km, pela marginal do Seixal; no sábado, por vezes faço 10 km (repito a volta) e aos domingos descanso, que é dia sagrado :)

Nestes últimos dias, ao fim da tarde, o vento é tanto que à ida, até ao centro do Seixal, vou a caminhar (contra o vento, é terrível, mesmo) e de regresso, assim, sim, apanho a boleia e vou quase à bolina - aham, digamos assim, cerca de meia hora.

Não cronometro o passeio, não gosto de levar nada no pulso, mas demoro uma hora entre sair de casa e regressar (19,30/20,30 é a hora que tento respeitar).

A coisa vai progredindo devagar. As pernas aguentam mais o balanço, não me esforço assim muito e se faço um sprint final o coração parece que salta do peito; assim é melhor não exagerar e continuar pouco a pouco. Não tenho intenção de participar em maratonas, milhas, meias-milhas, apenas bem-estar, perder uns quilos e fortalecer corpo e espírito. Ter um rio ao pé de casa também ajuda (excepto quando há maré vazia, mas acabo por me habituar a isso).

22 comentários:

  1. Ah, queria poder caminhar beirando um rio... Mas na academia mesmo serve. Volta e meia passa uma bunda, uma coxa... E assim seguimos! ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. volta e meia também por cá, e cada vez mais :p

      Eliminar
  2. Audiolivros para jogging não estimula, digo eu que papo disso aos quilos é mais música!

    Mas bravo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu ouvia-os na elíptica, cá em casa. a correr, de facto, é uma seca :p
      a música serve para descontrair e algumas vezes nem a levo, porque prefiro pensar na história que estou a escrever. claro que quando chego a casa metade ficou pelo caminho...

      Eliminar
  3. Também faço caminhadas ao sábado, sobretudo. Preciso de me "mexer", visto que passo muitas horas sentado, quer na faculdade, quer em casa.

    Eu limito-me a caminhar com calma, escutando música. Sem sobressaltos, sem "levantar os joelhos", apenas andar e andar, em passo normal - o que é difícil graças ao ritmo diário.

    Como dizem na tv, "mexa-se pela sua saúde". É o que temos feito.

    um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, eu passo mais de 8 horas sentada, no trabalho, nos transportes. é necessário mexermo-nos, sim.
      o meu concelho é um dos mais activos em termos desportivos, há sempre actividades giras na marginal. :)
      bjs.

      Eliminar
  4. Tenho de ir passar férias na Margem Sul. Há aí uma data de coisas que gostava de conhecer, e esse "sobe e desce" do rio é uma delas :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quando vieres ao avante, camarada Horatius, perde uma hora nesta margem. não te fiques pela amora. além disso, este lado é muito mais giro :p

      Eliminar
    2. O Avante é o Avante. Tenho um interesse académico muito específico por aí, e tenho mesmo de ganhar um tempo (nunca será perder) para por esse tema em dia, no que à margem sul concerne!

      Eliminar
    3. bem, já sabes: se precisares de ajuda, apita. :)

      Eliminar
  5. Fazes muito bem! Eu sou mais adepto de caminhar! ;)
    Beijinhos :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também caminho, mas rápido, e encolho a barriga, estico as costas, ombros para baixo, aperto as nádegas e lá vou eu :D
      chego ao fim com os músculos todos doridos.
      bjs.

      Eliminar
  6. Bem, fiquei mesmo feliz :)
    O pensamento é mesmo esse: correr para nos sentirmos bem; se depois vais a alguma corrida ou prova, isso já é acessório.
    Este fim-de-semana faz parte do programa das festas uma color run, pela diversão, claro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não participo em qualquer corrida nem por diversão (não gosto muito de multidões a acotovelarem-se) a não ser que tenha um dalek atrás de mim para me exterminar :D
      claro que estou no direito de mudar de opinião e pode ser que para o ano esteja a dizer o contrário :)

      Eliminar
    2. Vão anunciar em breve mais algumas secret run; se for alguma por perto aviso-te :) essas têm muito poucas pessoas e permitem alguns passeios muito interessantes :)

      Eliminar
    3. bem, se for assim, avisa e se eu estiver motivada, irei :)

      Eliminar
  7. Eu também caminho muito mais que antes, por absoluta necessidade.
    Mas nunca corro, não aguento e o meu coração também não o permite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. desde que te mexas, é suficiente. e só por absoluta necessidade? não gostas? eu quando me dá a neura de estar enfiada em casa, vou caminhar, nem penso em correr, só mesmo para desanuviar. :)

      Eliminar
  8. Também gostava de começar a correr ao ar livre junto ao rio... mas moro longe e não gosto de correr aqui pela zona. Além do que tenho que ter cuidado a correr. Enfim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. há alguns dias que não corro, com a chuva e o vento e o frio ao fim do dia. espero que melhore.

      Eliminar