quinta-feira, 22 de maio de 2014

Virei kobista II

Tenho dezenas de ebooks gratuitos por ler e uma pilha de livros de papel que só não apanha pó, porque está no armário, mas há leituras que passam à frente.

Este brinquedo é perigoso. Ainda me leva à falência.

15 comentários:

  1. LOL Há vícios piores Margarida :P Esse não é mau de todo :P

    ResponderEliminar
  2. Esse livro vai-te demorar um tempão a ler, e muitas citações (deixa-me adivinhar)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não faz mal. estou adiantada 12 livros :p

      Eliminar
    2. e quanto às citações, vou tentar conter-me :D
      mas será mais fácil, com o wi-fi, será sublinhar, enviar para o mail e depois para o blogue. adeus, escrever e escrever ;)

      Eliminar
  3. "dezenas"... eish.
    boa sorte para o Durrell. é uma tarefa árdua, mas compensadora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. falta passar para o kobo :p
      obrigada. tenho bastante curiosidade nas histórias.

      Eliminar
  4. Prefiro os livros formato tradicional.

    Mas sei que estão condenados à extinção. Serão uma relíquia como os discos, as cassetes de músicas, VHS, etc. Sim, acredita. Não num futuro próximo, mas daqui a duzentos anos não existirão. Enfim, é o avanço da humanidade. Os coches deram lugar aos carros, as máquinas de escrever aos computadores; estes, por sua vez, são cada vez menores. Já se fala na extinção dos portáteis...

    "É a vida."

    um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olha que não sei, há um revivalismo. há pessoas que continuam a escrever à mão, nas máquinas antigas. os livros continuarão a existir, não tantos, é certo. o vinil também está de volta.
      agora leio os livros em papel em casa. já não ando de um lado para o outro com um peso na mão e nem os sujo :)
      bjs.

      Eliminar
  5. se muitos forem gratuitos não será assim tão mau :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. este não foi, mas tenho muitos, mesmo muitos gratuitos. os da index ebooks, na maior parte são, muitos clássicos que a kobo tem, também são e se pesquisares, encontras sites com ebooks em português (nosso e do Brasil).
      :)

      Eliminar