domingo, 13 de julho de 2014

O César do tio Camilo



Esta é a última história do meu livro 'Instantâneos - fragmentos de memória'. Podem ler as restantes 41 aqui.

'Instantâneos' é publicado pela Index ebooks. Mais informações aqui.

8 comentários:

  1. Estava escrito que tinhas de ter um "César"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) estava. vê lá tu, chegou mais cedo do que esperava.

      Eliminar
    2. Pensei que era ao contrário... que o nome deste tinha sido inspirado pelo César do Camilo...

      Eliminar
    3. tinha este nome na calha há muito tempo. nunca esperei é que chegasse nesta altura. caiu do céu, um gato amarelo, como o da história:p
      estranha coincidência esta, em que a realidade imita a ficção.
      mas eu sempre quis ter um gato desta cor, é a verdade.

      Eliminar
  2. que bonito, Margarida. fiquei encantado quando vi que ele ia ser César, lembrei-me logo do Tio Camilo.

    a parte divertida do vídeo, foi constatar os teus esforços para lhe filmares o focinho tentando não parar de ler, e ele a virar-se sem te ligar nenhuma. rai'dos miúdos, às vezes são tão palermitas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podes crer, sacana do gato :D
      e para o fim já estava com falta de ar. isto de ler alto é complicado, :p

      Eliminar