terça-feira, 29 de julho de 2014

Quinta da Regaleira e Lisboa

Ontem foi dia de ir até à Quinta da Regaleira, em Sintra. O João F. (do blogue Vírgulas do Destino) visitou a família, que vive aqui perto, e convidou-me para ir com ele a Sintra. Nunca tinha lá ido e não estava nos meus planos de férias (e logo no primeiro dia útil de férias fiz uma maratona que não só contemplou a lindíssima Quinta, como, pela parte da tarde, fomos a Lisboa. Mas já lá vamos).

Apanhámos o mesmo comboio para Sintra, eu em Campolide, ele na Amadora, e antes das 10h00 já estávamos na vila. Foi um pulinho a pé até ao centro histórico, mais outro até à Quinta da Regaleira, demorado para apreciar a vista e tirar umas dezenas de fotos :)

Chegámos cedo, não havia fila, cada um pagou 6 € para a visita livre, que incluía a visita ao palacete. Deixámos a visita à residência para o fim e, mesmo assim, acabámos por não ver tudo. Saímos da Quinta pelas 13h30, mais ou menos, e comemos qualquer coisa em Sintra, antes de regressarmos a Lisboa.

Deixo um pequeno apontamento histórico sobre a Quinta da Regaleira, antes de passar para as fotografias: a Quinta da Regaleira era a residência de veraneio da família Carvalho Monteiro, um exuberante palacete concebido em estilo manuelino. António Augusto de Carvalho Monteiro era conhecido pela alcunha de Monteiro dos Milhões, graças à sua enorme fortuna (para saberem mais sobre esta ilustre personalidade, leiam um resumo aqui). Em finais do século XIX, adquiriu em hasta pública o palacete, que antes tinha pertencido à 1.ª Baronesa da Regaleira (para informações adicionais, consultem esta página).













Na parte da tarde, passeámos por Lisboa. Saímos na estação do Rossio, subimos até ao Largo do Carmo, passámos a Trindade, o Camões, entrámos nas ruelas do Bairro Alto, desembocámos na Rua de O Século, virámos à esquerda na Rua da Academia de Ciências (o João queria ir à Assembleia da República), descemos as escadinhas, lá tirou a foto para recordação, fomos até à Rua de S. Paulo, caminhámos até ao Cais do Sodré, descansámos num banco à sombra, muita gente na relva e à beira-rio. O passadiço de madeira e a Ribeira das Naus estão fantásticos, aquela margem está linda, só apetecia descalçar e molhar os pés, moidinhos de tanto caminharmos, depois, lá subimos o Arco da Rua Augusta.


 Por fim, fomos até Alfama. Lanchámos num café simpático, mistura de loja de recordações e café de bairro, e descemos uma calçada por onde passa o eléctrico 12 até ao Martim Moniz. Do outro lado da praça, fomos até à rua do Hospital de S. José, a Rua do Arco da Graça (eu morei nessa rua há mais de vinte anos), e apanhámos o metro na Praça da Figueira até ao Areeiro. O João tem família na margem sul, pelo que apanhámos o 'meu' comboio até Coina (e é 'Cóina', João, e não 'Côina' - olha a pronúncia do norte :p) e assim se passou um belo dia, embora muito cansativo.

Obrigada pela sugestão da visita à Quinta da Regaleira, aconselho vivamente. E Lisboa também está linda :)

16 comentários:

  1. Sintra, Lisboa... conheço tuuuuudo disso aí! :-)

    ResponderEliminar
  2. Margarida, isso foi uma maratona. Só mesmo caminhando conseguimos ver os pontos interessantes desta linda cidade. Foi um passeio muito interessante. Também já conheço a quinta, mas não tive coragem para descer até ao fundo do poço. A tua foto é tirada lá do fundo …… e está muito interessante.
    Então boas férias Margarida e se te apetecer tomar um cafezinho, aparece aqui, pois tenho uma vista panorâmica sobre Lisboa que ninguém pode perder. Lídia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ah, Lídia, e a descida pelo poço trazia novidades: um túnel que desembocou na cascata. lindíssimo e muito simbólico.
      obrigada. amanhã irei à minha terra, na Beira Alta, mas regresso sexta. claro que aceito o teu convite para o café. depois agendamos a data :)

      Eliminar
  3. Conheço a Regaleira, e a Regaleira é linda! Adorei!

    ResponderEliminar
  4. Mas que belo passeio (e cansativo)...
    A Quinta da Regaleira é imperdível e nova Ribeira das Naus é "altamente", como agora dizem os putos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. altamente, tudo :)
      cansada, mas valeu a pena.

      Eliminar
  5. Que tarde tão bem passada

    beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. Foi um grande dia, sem dúvida! ^^
    Obrigado eu também por teres aceite e pela visita guiada a Lisboa!
    Quanto à Cóina, sendo eu tripeiro, é compreensível que o sotaque insista em dar esse tipo de gaffes. Mas que é giro, é! xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah, giro, :D
      a visita guiada a Lisboa foi muito curta, mas ficaste com uma ideia geral. :) agora falta eu ir ao Porto.
      bjs.

      Eliminar
  7. Olha gostei muito da vossa viagem :) Pareceu-me bem simpática. Quanto à Regaleira, ando a dizer há anos que tenho que ir, mas nunca mais ganho coragem e vou mesmo :P LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu não sei em que município vives, mas os residentes de Sintra têm desconto. vale muito a pena.

      Eliminar