sexta-feira, 25 de julho de 2014

Violette

Ando em modo de férias há uns dias, isto quer dizer que me deito para lá da meia-noite, mas continuo a levantar-me antes das seis. Ontem não foi excepção;  fui ao Monumental ver o filme 'Violette' e cheguei a casa tardíssimo.

O filme conta a história de Violette Leduc, uma escritora francesa que conhece Maurice Sachs e que a incentiva a escrever, do seu amor não correspondido por Simone de Beauvoir, a sua mentora, que, à semelhança de Sachs, adora a sua escrita, os seus fortes e ousados romances, a sua história conturbada, e estimula-a a escrever sobre as relações lésbicas no colégio interno, o casamento falhado, o aborto, o relacionamento difícil com uma mãe super-protectora. Violette, filha bastarda, considera-se feia e desinteressante e tem medo de ficar sozinha para sempre. Contudo, são essas características e a sua baixa auto-estima que a levam a escrever com tanto arrojo.

Emmanuelle Devos é Violette, Sandrine Kiberlain é Simone, num drama psicológico biográfico sobre uma escritora francesa que não conhecia.

6 comentários: