domingo, 7 de setembro de 2014

César

12 comentários:

  1. Está com um ar um bocado meditabundo. Ou "não basta ser, mas parecer"? :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o primeiro título era 'César a cismar', mas não gostei da aliteração :D

      Eliminar
  2. É adorável. O nome faz jus ao porte.

    Agora ando com ideias de ter um cachorrinho. Também queria um gatinho. Querer não é poder. Maldita asma. A vontade que me dá é a de comprar um e pronto. Até sei as raças que queria, tanto do cachorro quanto do gato. Hei-de escrever sobre isso. São lindos.

    Um dia cometo um acto tresloucado. Que se lixe! O amor que nos dão compensa as crises.

    um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      a medicina avançou tanto que poderás encontrar um bom medicamento para o teu problema de saúde. eu não sei o que faria se surgisse algo que me impossibilitasse de ter gatos. provavelmente teria de encontrar substituto, como a tartaruga :p desde que pudesse tocar e dar mimos. mesmo um pássaro. um periquito, por exemplo. excepto peixes, não acho piada nenhuma, mesmo.
      terás que arranjar uma solução, se queres ter mesmo um animal de estimação. espero que corra tudo bem.
      bjs.

      Eliminar
    2. O meu médico é um dos melhores alergologistas do país. Ex-director de um serviço qualquer no Hospital D. Estefânia.

      Não posso ter mamíferos ou aves. Pelo menos não podia em criança. Só se agora puder. :/

      Irei falar com ele. Das vezes em que toquei no assunto, recordo-me de uma: "Queres ter crises constantes?". Nunca mais o abordei sobre isso.

      um beijinho e obrigado.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. e muito mimado :D
      mia, mia e dá-me massagens antes de se sentar no meu colo.

      Eliminar
  4. ah, eu ia escrever isto que o Francisco já escreveu aqui por cima. está mesmo bonito. vou mostrar esta foto ao meu, para ele mirar o exemplo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso, isso, aprende com o mano mais velho, Stockler :D

      Eliminar
  5. Era giro um dia promovermos um encontro de gatos "amigos", não era?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. era, era, mas não sei é se os gatos estariam para aí virados. os meus são muitos egoístas :p

      Eliminar