segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Liberdade

'Nunca se pode ser tão livre quanto se deseja, quanto se quer, quanto se teme, quiçá tanto quanto se vive. Médico, alquimista, pirotécnico, astrólogo, envergara resignadamente a libré do tempo; deixara o mundo impor ao seu intelecto alguns entorses.' - p. 138.

Sem comentários:

Enviar um comentário