quarta-feira, 15 de julho de 2015

Livros XV

12 comentários:

  1. Hahahahah, tal qual eu. Quando alguma coisa me agrada, não consigo parar. :D

    ResponderEliminar
  2. Margarida quando estou para acabar um livro, se não estiver isolado de tudo e de todos não o consigo acabar, mas caso esteja a ler o final, as últimas páginas e alguém me interrompe, tem que esperar.

    Há livros que nem faz muita a diferença, mas noutros, parece uma espécie de ritual, daí que fechar alguns livros e os guardar não é fácil :-S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu gosto de ler em silêncio, quanto menos barulho, melhor. já gostei de ler enquanto escutava música clássica, não gosto quando oiço música com letra, distraio-me. e com as pessoas a falar sem parar também. há uns meses, tive de mudar de carruagem porque duas mulheres passavam a meia hora da manhã a conversar, e isto todos os dias. há sempre assunto. mas o que me irritava era o timbre das suas vozes. como me aborrece as pessoas a falarem muito alto ao telemóvel tempos infinitos. começo a suspirar e a revirar os olhos. quando o transporte público é a sala de estar das pessoas, não tenho muita paciência.
      eu leio muitas vezes o fim de um livro que goste muito, volto atrás, folheio. por isso é que gosto de os sublinhar. :)

      Eliminar
    2. Margarida dizem que os meus livros quase parecem novos, não dobro as folhas e nem me imagino a sublinhar nada, mas acabo por ter um problema, deixo papeis entre as páginas e quando volto a pegar neles, ando à procura das passagens que tanto gostei. Pode ser que um dia mude de ideias e passe a sublinhar as tais frases, e uma coisa é certa, não perderia tempo à procura delas :D.

      Eliminar
    3. eu uso e abuso dos meus livros. muitas lombadas estão bem vincadas. logo que os adquiro, assino, dato e coloco o local onde moro. há 20 anos, estava em Lisboa e é giro abrir um livro dessa altura e ver como assinava e a data que ele tem.

      Eliminar