segunda-feira, 6 de julho de 2015

Mais um fim-de-semana

   Tive outra noite de insónia. Não sei se é da idade, mas durmo cada vez menos. Deitei-me depois da meia-noite e às quatro da madrugada acordei. Dei umas voltas na cama, puxei a colcha para cima e tentei adormecer de novo. Lá consegui. Acordei antes das seis e levantei-me meio a dormir. Não podia repetir a brincadeira da semana passada, embora o desejasse. Não convém abusar, não só porque ficaria com menos dias de férias, mas colocaria à prova a paciência da chefe, já de si uma santa. Além disso, há trabalho para finalizar.
   Por ter faltado na segunda, no sábado acordei à hora habitual, sem despertador. Pensei que fosse sexta-feira (o que eu agora me rio a pensar nisto) e levantei-me, embora com aquela sensação de ‘será que é mesmo sexta?’ Não é sábado?’ Rituais matinais fora do quarto até que parei na cozinha e sim, confirmei que era mesmo sábado. Ainda pensei em aproveitar, já que estava levantada, em ir fazer a habitual caminhada de 5 quilómetros (ir ao Seixal e regressar a casa), mas deixei-me de tais pensamentos e regressei à cama. Acordei a meio da manhã. Desde que reportei aqui o episódio musical do vizinho do primeiro andar que ele tem estado silencioso. Almocei e fui a Lisboa, para a visita da tarde. Tirando este compromisso, não faço grande coisa ao sábado. Preciso de um dia para descansar. Infelizmente, como a casa não se limpa sozinha, é ao domingo que meto mãos à obra. Normalmente, também é neste dia que uma pessoa pensa no que não deve, entre a lavadela do chão e a limpeza do pó. E procurei conforto na comida, despachando quase um pacote de bolachas.
   Assim, depois de me estafar nas limpezas, culpada por ter quase estragado a dieta, tomei banho, agarrei nuns corsários, numa camisola, nos ténis, no mp3 e fui arejar a pinha. Fiz os 5 quilómetros da praxe e regressei a casa ao início da noite.
   Foi um dos raros dias que não li. Estava cansada, mas sem sono. Sentei-me no sofá, com uma caneca de chá de ervas, e vi o filme na Fox Life, 'Enough Said' ('Basta de Conversa'), com um sensível e simpático James Gandolfini e a sempre divertida Julia-Louis Dreyfus.
   Gandolfini faleceu em Junho de 2013. Deixo aqui o trailer para recordar como ele era um excelente actor. O filme também teve boas críticas.

14 comentários:

  1. Espero que as minhas insónias não se tornem crónicas, que já vou sofrendo com elas. É terrível querer dormir e não conseguir. E não vou lá com "copinhos de leite". O que tento fazer é cansar-me, lendo, na net ou tv, como um telemóvel que tiras da corrente com 1/5 da carga.

    um beijinho.

    p.s.: Não sei se repeti o comentário, mas quando submeti o anterior deu erro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, submeteste :)
      eu não tenho assim muitas insónias. acho que durmo de mais aos fins-de-semana, já que nos dias de semana tento dormir mais ou menos as mesmas horas: 23h30 - 05h50.
      cansei o corpo, e se estava derreado, mas a cabeça teimava em não assentar. pensamos aquilo que não devemos...
      bjs.

      Eliminar
  2. Margarida, cuidado com insónias cíclicas, se se mantiverem vê o teu médico.

    De resto este fim de semana não fiz grande coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eolo, são coisinhas na cabeça que cá ficam a moer, só com o tempo elas passam. :)
      a solução é deitar-me uma noite destas mesmo muito tarde, sem beber chá para não me levantar de madrugada e dormir a noite inteira. costuma resultar.
      aproveito para descansar ao fds, tirando a limpeza da casa, mas o meu t2 não é muito grande. limpa-se num instante (até descobrir imenso pó nas dobradiças das portas, nas aduelas e por cima dos quadros, agora não falham aos domingos... estou a tornar-me numa maníaca).

      Eliminar
  3. Uma insônia ocasional não é assim tão ruim.
    E o filme é mesmo supimpa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também acho que não.
      sim, gostei muito do filme. ele é excelente. uma pena...

      Eliminar
  4. Tenho esse filme para ver há bastante tempo, não sei quando o irei ver. Pode ser que passe pela situação de há uns anos que foi acordar a meia da noite e não conseguir voltar a adormecer, fui para a sala ver o filme "O rapaz do pijama às riscas" e mal sabia eu que o filme era muito bom.

    Insónias são lixadas, não costuma as ter, mas geralmente as noites de domingo para segunda são péssimas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, foi isso. dormi de mais no fds. ontem estava cheia de sono no trabalho, mas esforcei-me por me deitar um pouco mais tarde e resultou. passei uma noite tranquila e dormi sem interrupções até o despertador tocar.

      Eliminar
  5. Também tenho que andar (ganhar coragem) para andar 5 km`s

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. custou-me muito recomeçar, Francisco, mas tinha de perder algum peso. mas só os faço duas, no máximo três vezes por semana. a solução também foi cortar nas porções e naquilo que comia.
      bjs.

      Eliminar
  6. Eu ao fim de semana não me apetece fazer nada... muito pouco ao nada mesmo. Vais pela baía do Seixal?

    ResponderEliminar
  7. Vi o filme ontem e gostei muito. Acreditei nos personagens e torci por um final feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também, se bem que ela tenha sido um pouco mázinha. tudo acabou bem no fim. :)

      Eliminar