quinta-feira, 17 de março de 2016

Deus existe e vive em Bruxelas

Deus não aceita que a filha se sente à sua direita, à mesa; deus adora cerveja e usa um velho roupão, meias e chinelos; deus é um sádico, diverte-se enviando catástrofes, doenças e acidentes aos seres humanos; deus maltrata a filha e a mulher, uma deusa e submissa dona-de-casa.

O filme está classificado como comédia; o humor poderia ser mais refinado, mas tem algumas situações caricatas. Não deixa de ser comovente, como na parte em que cada apóstolo tem uma musiquinha dentro de si.

A miúda é um achado, a banda sonora é um must.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. e ver a Catherine Deneuve naquele papel, a bela e a fera...

      Eliminar
  2. Não conhecia essa filme, parece ver bem interessante. Não está na minha lista, mas pode ser que em breve vá parar lá.

    Quero muito ver "The Lady in the van". Já o tenho, não há é legendas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu queria ver 'meu rei', mas cheguei cedo e não estive para esperar.
      interessante é. não gostei do fim, mas tem umas tiradas filosóficas. dá para pensar.

      sobre o filme que referiste, lê esta peça: http://observador.pt/2016/03/17/senhora-da-furgoneta-maggie-smith-ao-volante/

      Eliminar
    2. :-) Obrigado! Está lido mas antes de ver esse vou ver The Dressmaker.

      Eliminar
    3. vi no final do ano. grande papel, o do Hugo Weaving :)

      Eliminar
  3. Vi a apresentação e fiquei curioso. Mas para já não vai dar, vou estar longe dos cinemas durante uns dias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. então, boas férias.
      vais ver a tua baby? :)

      Eliminar