terça-feira, 6 de dezembro de 2016

MacGyver

   Estou a ver o MacGyver na Fox enquanto passo a ferro; bem, já acabei, de modo que posso escrever este texto. Eu tinha uma queda, aliás, uma forte queda, pelo Richard Dean Anderson e, claro, pelo MacGyver, que escapava de tudo o que era sítio com um canivete e pastilha elástica. Não é má esta nova série, tem mais acção, o actor tem pinta, mas só há um MacGyver, o dos anos '80 e inícios dos '90 do século passado, Richard Dean Anderson.
   MacGyver era um herói discreto, solitário, auxiliado por um(a) ou outro(a) companheiro(a) em cada episódio, mas, essencialmente, trabalhava sozinho para salvar um país/cidade/instalação nuclear de não sei quantos guerrilheiros, ou terroristas, ou maus da fita, ou por aí. Nesta série, pelo contrário, MacGyver tem uns quantos colaboradores.
   E o nome? Na série original, só soubemos que ele tinha nome de raça bovina na vigésima quarta temporada. MacGyver não o dizia e ponto final. Era, apenas, MacGyver.
   Para terminar, deixo uma piada. Vou escrever tal como a recordo, com preguiça em pesquisar no Google, de modo que dêem um desconto, que já passaram não sei quantos anos desde que ma contaram.
 
   Como é que o MacGyver sai do deserto só com uma laranja?
   Separa a vitamina da laranja, na vitamina, separa a vita da mina, faz explodir a mina, que provoca um terramoto, separa a terra da moto, salta para a moto e lá sai o MacGyver do deserto.

10 comentários:

  1. Eheheheh tantas vezes que eu sonhei com ele :)

    Giro mesmo :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sonhar, já não me recordo, talvez, mas não há muitos anos ainda o via no stargate sg-1, uma série de ficção científica.
      bjs.

      Eliminar
  2. Verdade! Macgyver há só um ... Lembro-me muito bem de ficar à espera pelo episódio semanal que dava aos domingos à tarde/noite do Macgyver e do Sherlock Holmes nos meus tempos idos da adolescência. Ora também me debrucei neste episódio da nova versão e fiquei desiludida mais com os sidekicks que na série original eram francamente destacáveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, domingos ao fim da tarde, antes do jantar. concordo, não acho grande piada a estas novas versões de séries clássicas (com algumas excepções, como a battlestar galactica - adoro o genérico).
      não deviam mexer nestas séries nostálgicas. nem imagino se surgisse uma versão moderna do 'verão azul'...
      o sherlock holmes tenho as temporadas em dvd e ainda a apanho na rtp memória quando calha; mais uma queda, mas esta em adulta: jeremy brett. foi-se cedo demais :(

      Eliminar
    2. Um pormenor engraçado: ontem nas limpezas de casa encontrei uma lista de objectivos de quando tinha 15/ 16 anos ...

      objectivo nº 101 - Ser uma Macgyver ! eheheheeh

      Eliminar
  3. Margarida há um novo Macgyver mas não estou a ver essa nova versão, acho que o original é bem melhor, pelo menos marcou uma época :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, concordo. não estive à espera da estreia, apenas calhou e como estava a engomar, lá a vi aos poucos. não me seduziu por aí.

      Eliminar
  4. Eu também tinha uma queda pelo Richard Dean Anderson, Margarida! O que eu adorava aquela série :)

    Raquel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      não consigo acertar com esta nova série.
      (estou velha... :/ )
      :p

      Eliminar